Brasileiros fizeram bom jogo na Argentina, mas decisão de vaga na Final Única ficou aberta para a Vila Belmiro

Um reencontro de campeões acabou empatado na Argentina. No jogo de ida da semifinal da CONMEBOL Libertadores, Boca Juniors-ARG e Santos ficaram no empate por 0 a 0 na Bombonera, na quarta-feira (6).

Com a igualdade, o Boca joga por um empate com gols na volta para avançar à Final Única do Maracanã, dia 30 de janeiro. Se o 0-0 se repetir, a decisão será nos pênaltis. O Santos precisa vencer por qualquer placar.

O jogo foi equilibrado, mas a equipe brasileira causou problemas ao sistema defensivo do Boca. Destaque para o garoto Lucas Braga, que iniciou como titular pelo lado esquerdo do campo. Com personalidade, abriu espaços entre os marcadores e deu trabalho. Marinho também levou perigo em suas investidas pela direita.

O Boca teve uma boa chance com Salvio no segundo tempo, mas o goleiro John operou uma grande defesa. Ele tem sido um dos destaques da equipe na campanha.

Santos e Boca se reencontram após decidirem duas vezes a Libertadores. O Peixe venceu os dois jogos em 1963, enquanto os Xeneizes deram o troco em 2003, também com vitória dentro e fora de casa. A volta será na quarta-feira (13) na Vila Belmiro.